Web

Java, PHP com ZF ou Ruby on Rails, eis a questão!?

Por em

Acredito que muitos desenvolvedores já fizeram essa pergunta, especificamente falando sobre essas linguagens e frameworks.

Sinceramente, não vou dizer que sou o maior conhecedor de todas elas, sei o suficiente para atender o que preciso e o que não sei, aprendo “on the run”.

Para muitas coisas na área de desenvolvimento, sou quadrado, assumo (quem já trabalhou comigo, faz prova). Uma dessas é: Odeio ficar misturando diversas tecnologias.

Já prestei consultoria para diversas empresas que fazem isso, e vou dizer, elas perdem muito dinheiro, na maioria das vezes.

Mas como assim??

Simples, vamos dizer que temos uma empresa e então nesse ponto desenvolvemos algo em Java; passa um tempo uma parte de nosso pessoal mudou e os camaradas ou o gerente de TI, gosta de “inovar” e manda ver no RoR, perfeito. Ruby, ótima linguagem, rails que framework! Obviamente, nenhum sistema é surdo-mudo, eles tem que se falar.

E o site de eCommerce?

Então há uma nova demanda de uma loja virtual. Nossa empresa está expandindo. Então falamos na famosa Magento, baseada em PHP com Zend Framework.

Depois de estudos, vai para o ar, mas algumas interfaces tem que ser criadas para falar com os sistemas internos em relação a nossa loja, logo, fazemos um programa em PHP com ZF.

Chega por aqui com nossa empresa, Ok?

Nesses simples exemplos trabalhamos com:

  1. Java – Provavelmente usando struts, hibernate e cia.
  2. Ruby on Rails, vamos dizer 1. alguma coisa ou até mesmo 2.0
  3. PHP 5.2.9 com Zend Framework 1.7

Quem trabalha com Ruby, sabe muito bem o trabalho que teve para mudar sua aplicação da 1.* para 2.3 (última versão, até agora, pelo menos)

Quem desenvolve com ZF, sabe que a Zend_Tool e Zend_Aplication do 1.8 ajudou muito, mas fez o framework se mexer, principalmente na estrutura do projeto, os mappers para os modelos, etc.

Chegando lá!

O que quero dizer com isso: Se fazer a migração de uma versão para outra de uma linguagem e um framework já é um processo “sacal”. Imagine fazer isso com vários sistemas integrados. Opps, esquecemos de falar do site da empresa que é Joomla que foi mudado completamente da versão 1 para a 1.5

Vou ser bem sincero, todas as linguagens tem vantagens e desvantagens, mas acredito que em seu negócio, você tem que se agarrar a alguma e ir em frente.

Qual você domina mais?

– Ahh, eu domino PHP, mas dizem que rails é muito fácil. Com 3 comandos eu crio um cadastro que em PHP eu demoraria algumas horinhas.

Não se iluda, criar cadastro é uma coisa, ter sua aplicação, com suas regras de negócio é outra.

– Ahh, eu manjo da linaguagem XPTO, mas Java é java, tem empresa que paga melhor, é multiplataforma, já sei OO mesmo. Agora é só pegar o jeito.

Até pegar o jeito sua batata já esquentou demais.

Cheguei!

Pessoal, tenho um bom domínio dessas 3 linguagens. Não quero postar aqui apra alguem ser tapado e só olhar para uma tecnologia, mas olhar para outras e sair implementando por um modismo, ou por uma facilidade ou outra, acredite, não vale a pena.

Acredito que muitos sabem que trabalhamos com Zend Framework na School of Net. Com certeza há algumas coisas que pensamos, isso em rails era 5min e já eras, nossa Java aqui seria bom, pois poderíamos trabalhar com a ME e ainda reusar as classes…

Não estou dizendo que só temos ZF aqui na SON, mas na medida do possível, não fazemos lambanças, mesmo dando vontade de fazer por um simples “tesão” tecnológico.

Por que estou postando isso?

Pois nesse momento, temos que implantar algo bem independente (mas sabemos que no futuro poderá gerar dependência), e a velha questão, voltou a bater em nossa porta. Novo projeto, oba! Java, PHP ou Rails??

O que acham que vamos escolher?