PHP

5 razões para você ser um programador PHP

Por em

O PHP foi criado para ser utilizado na Web e, quanto a isso, não há o que discutir. Com o decorrer dos anos, a linguagem vem ganhando maturidade e força no mercado, sendo utilizada por grandes players, como: Facebook, Flickr, Wikipedia, Yahoo, Baidu, AliExpress, entre outros.

Hoje, segundo o site w3techs.com, o PHP é a linguagem ServerSide mais usada no mundo. Sendo usada em 81,3% dos sites no mundo, seguido por ASP.NET, com 14%.

Sabendo disso, cito aqui 5, dentre outras muitas, razões para se tornar um programador PHP.

 

1) Baixa curva de aprendizado inicial

O PHP é uma linguagem extremamente simples e sem grandes burocracias para aprender. Com ótima documentação e boa parte traduzida para o português, torna-se fácil pesquisar e entender como funciona sua estrutura, sintaxe e funções. Com o exemplo abaixo, veja como é feito o famoso “Hello World” em PHP.

Com apenas uma linha, conseguimos ter nosso primeiro programa escrito em PHP.

Quer começar a aprender PHP? Veja o curso de “PHP Básico” aqui na School of Net.

 

2) Comunidade grande e participante

Um dos fatores que mais influenciam a aprender uma linguagem de programação é saber se a comunidade dessa linguagem é ativa e participante. Se fizermos essa pergunta no caso do PHP, a resposta será “SIM!”. O PHP tem uma grande comunidade pelo mundo todo. Participantes de vários fóruns, eventos, palestras, encontros, etc., em vários idiomas. Criar um network de conhecidos com interesse no PHP é bem fácil. Dessa forma, aumenta a facilidade para aprender a linguagem, na hora de tirar uma dúvida ou fazer pesquisas sobre a linguagem em si.

Aqui na School of Net, você poderá tirar suas dúvidas no fórum ou participar dos plantões de dúvidas todas as Segundas e Quartas.

 

3) Mercado de Trabalho

Em uma breve pesquisa, em um grande portal de vagas de emprego, utilizando o termo de busca “PHP”, retornou quase 800 vagas para desenvolvedor PHP, em âmbito nacional, com salários que variam entre R$ 2.500,00 a R$ 7.000,00 (em regime CLT), dependendo da região geográfica e do conhecimento exigido na vaga. Sabendo disso, há de se entender que não falta oportunidade de trabalho com um bom salário para programadores PHP.

 

4) Ferramentas, CMS e Frameworks

Graças a sua grande comunidade, o PHP possui diversas ferramentas que facilitam e tornam mais produtivo o nosso trabalho, podendo ser uma IDE para ajudar a codificar, Frameworks para fazer o trabalho pesado e corriqueiro da programação ou CMS para criar sites, portais e e-commerces.

  • Ferramentas para desenvolvimento – IDE

Existem várias IDE (Integrated Development Environment ou Ambiente de desenvolvimento Integrado) para PHP e que facilitam o trabalho, como: completar códigos, buscar arquivos e classes, criar estruturas de pastas, indentar códigos, etc. As mais conhecidas são: Netbeans, Eclipse e Aptana, que são gratuitas. Também existem as que são pagas, como o PHPStorm e ZendStudio. Em alternativa mais leve, existem alguns editores de textos, como: o Visual Studio Code, Atom, SublimeText. Porém, esses são mais genéricos e com menos recursos do que as IDEs.

  • Frameworks

O PHP tem uma gama muito grande de opções de frameworks para desenvolvimento, porém, o uso de framework só é indicado para quem conhece PHP mais a fundo, pois precisa de conhecimentos mais avançados, como alguns Design Patterns, por exemplo. Utilizar um framework ajuda na padronização do código, além de dar muita funcionalidade pronta para uso, como uploads de arquivos, envio de e-mails, autenticação. Desenvolver, utilizando um framework PHP se torna algo simples, sem complicação, o que resulta em ganho de produção e menos manutenção e código.

Na School of Net, temos um plano de estudo de PHP do básico ao avançado. Além disso, há cursos abrangendo vários frameworks do mercado, como: Laravel, Symfony e ZendFramework.

  • CMS

Um CMS é uma ferramenta usada para gerenciar conteúdos, como o próprio nome diz (Content Management System). Pode ser conteúdo de um site, portal, aplicativo mobile, e-commerce, entre outros. O PHP possui vários CMS, sendo possível até certo ponto, utilizá-los sem ter conhecimento em programação. Possuir conhecimento em PHP, permite a criação de um e-commerce por exemplo, utilizando Woocommerce ou Magento ou um portal de notícias com WordPress ou Joomla, tornando essa tarefa fácil e rápida, podendo ficar pronto para uso em poucas horas.

Conheça os cursos de WordPress e Magento na School Of Net.

 

5) Linguagem moderna com constantes melhorias

O PHP, a partir da sua versão 5, tem mudado e melhorado, implementando diversas técnicas modernas e se tornando uma linguagem muito robusta, rápida e segura. Todo ano, geralmente no mês de Outubro, uma versão é lançada com diversas novidades, tais como: correções de bugs e melhoria nos padrões. Além disso, foi criada uma convenção de padrões que é aconselhável seguir, as PSR (PHP Standards Recommendations), que até o momento que estou escrevendo esse artigo, são 10 padrões de códigos e boas práticas para se desenvolver. Dessa forma, o padrão de código é mantido em qualquer projeto que for trabalhar, tornando mais fácil a manutenção e o entendimento do código já existente.

A School of Net tem um curso sobre as PSRs do PHP. Dê uma olhada!

 

Conclusão

Poderia citar aqui mais razões para se tornar um programador PHP e com certeza essa lista não seria pequena. Mas, o que quero mostrar é que, existem muitas razões para estudar e aperfeiçoar seus conhecimentos na linguagem PHP.

A School of Net tem vários cursos e planos de estudos sobre PHP, desde o iniciante até o avançando. Também tem vários cursos de diversos frameworks e ferramentas. Aqui, você poderá se tornar um profissional capacitado e atualizado para o mercado de trabalho, apto a encarar qualquer desafio do dia a dia. Basta iniciar seus estudos!